Como Ganhar 100 Reais Por Dia Como Afiliado

Como Ganhar 100 Reais Por Dia Como Afiliado
5 (100%) 4 votes

Ganhar 100 Reais por Dia na Internet

Está começando a trabalhar como afiliado agora? Parece um desafio, não é mesmo? Então, deixe-me apresentar para você uma estratégia que pode te ajudar a ganhar R$100 por dia pela internet rapidamente, trabalhando com vendas de produtos digitais.

Se você ainda não sabe o que são produtos digitais ou como ganhar dinheiro com eles, leia o Guia Inicial Para Ganhar Dinheiro como Afiliado.

Aqui neste artigo eu vou apresentar estratégias para você multiplicar a divulgação dos seus produtos e, desta forma, gerar muito mais tráfego para as páginas de vendas dos seu produtos.

E a lógica é simples: quanto mais pessoas visitarem as páginas de vendas dos seus produtos, maiores são as chances de você fazer mais vendas.

Como Divulgar Seus Produtos

Você não precisa ser um vendedor chato, para ganhar dinheiro com produtos digitais.

Pelo contrário, quanto mais “vendedor” você tentar ser, menores serão suas chances de alcançar a sua meta de ganhar 100 reais por dia.

A maneira mais eficiente de vender produtos digitais é através da criação de conteúdos relevantes para os seus possíveis clientes.  Esses conteúdos, claro, devem ser relacionados ao tema do produto que você vende.

Quando você oferece conteúdos relevantes para o seu público-alvo, você consegue despertar o seu interesse e atrai-lo.

Por exemplo, se você vende produtos relacionados a “Emagrecimento”, você pode postar conteúdos no Facebook relacionados à dietas, hábitos saudáveis. Estes são assuntos que interessam a quem está tentando emagrecer.

Depois que você conseguir atrair a atenção dos seus potenciais clientes, o segredo do sucesso está em você conseguir fazer uma “ponte” entre esses conteúdos e o produto que você vende.

Ao final de cada conteúdo publicado, você deverá inserir links (com seu código de afiliação) para as páginas de vendas dos produtos.

Desta forma você estará oferecendo ao visitante, que se interessou pelos seus conteúdos e quer se aprofundar ainda mais sobre o assunto, a oportunidade de conhecer sobre o seu produto digital.

Por exemplo, imagine que ao final do Post sobre emagrecimento, você escrevesse o seguinte: Clique aqui e conheça um método para emagrecer 5kg sem restrição alimentar em apenas 10 dias. (Neste texto você deve inserir o seu link para a página de vendas do produto digital).

Mesmo que os visitantes não comprem imediatamente o seu produto digital, as plataformas de afiliação, como o Hotmart, “guardam” a informação de que foi você quem indicou o visitante à página de vendas do produto.

Quando o visitante estiver pronto para se tornar um comprador, a plataforma saberá a quem pagar a comissão: você!

Conceito 5 X 5

O conceito 5 X 5 consiste em criar 5 fontes de tráfego para atrair potenciais compradores.

A partir de cada fonte, você cria mais 5 “subfontes”.

No final, você terá 25 fontes de tráfego, isto é, 25 chances para o visitante encontrar o seu conteúdo e chegar à página do produto digital que você está indicando.

Você deverá produzir uma quantidade de conteúdos para ajudar o visitante em sua jornada de compra.

A jornada do comprador, em seus primeiros estágios, é composta pelas fases de conhecimento e decisão.

Conhecimento é quando o comprador ainda está buscando entender melhor o seu problema, suas causas e consequências.

A fase de decisão é quando o comprador define que precisa solucionar o seu problema e busca uma alternativa para ajudá-lo.

Seus conteúdos devem estar direcionados a essas duas fases.

Nos seus conteúdos procure não indicar diretamente um produto que está à venda, porque as pessoas costumam não aceitar bem essa abordagem.

Seu visitante provavelmente não estará pronto para comprar o seu produto, após consumir apenas um conteúdo e você poderá “assustá-lo”.

Você deve envolvê-lo, educá-lo, ajudá-lo a entender sobre o seu problema, oferecer alternativas que possam solucionar uma parte dos seus problemas.

Trate de assuntos relacionados ao problema que o seu produto digital soluciona. Seguem exemplos:

  • Produto digital sobre “Cuidados com bebês nos primeiros meses”: Crie conteúdos que ofereçam dicas às sobre alimentação de bebês, rotinas que devem ser criadas,  cronogramas de vacinas, etc.
  • Produto sobre “Emagrecimento rápido”: produza conteúdos sobre dietas específicas, sobre valores nutricionais de alguns alimentos, sobre hábitos alimentares, etc.
  • Produtos sobre “Como se tornar um investidor”: produza conteúdos sobre as opções de investimentos, um diário sobre as ações que mais se valorizaram, sobre as diferenças entre os tipos de investimentos e etc.

Vamos agora às fontes de multiplicação de conteúdo:

Fonte 1: Vídeos

Os vídeos têm grande potencial para atrair pessoas.

Faça 5 vídeos falando sobre um assunto que tenha a ver com o produto digital que você vende.

Reaproveite o seu conteúdo.

Você pode transformar em vídeo conteúdos que tenham sido produzidos como artigos, por exemplo. Apenas ajuste o formato para se adequar ao meio de comunicação diferente.

No Youtube, principal canal de vídeos atualmente, você pode implementar algumas ações que irão te ajudar a atrair mais visitantes e a converter mais vendas:

  • Escreva títulos arrasadores e que informem ao visitante o que ele realmente verá no seu vídeo. Não escreva um título que ofereça ou informe algo que ele não verá no seu vídeo.
  • Escreva uma boa descrição do seu vídeo, contendo as palavras-chaves mais importantes para o seu assunto.
  • Solicite ao final do vídeo que os visitantes acessem o seu site, para que eles possam ver outros conteúdos sobre o assunto do vídeo.
  • Na descrição do seu vídeo ofereça também o endereço do seu site e convide os seus visitantes pelo mesmo motivo anterior.
  • Escreva um comentário seu no campo de comentários e “fixe” o seu comentário no topo de todos os comentários. Neste comentário também deve haver um convite para que os visitantes acessem o seu site.

Os vídeos permanecem no YouTube por tempo indeterminado.

Então, mesmo que você não faça uma venda hoje ou amanhã a partir dos seus conteúdos em vídeo, poderá fazer daqui a quinze dias ou um mês.

Além do Youtube, divulgue os mesmos vídeos em outras redes sociais ou no seu blog.

Você pode, inclusive, editar o vídeo, encurtá-lo, juntar com outros vídeos e reaproveitá-lo.

Está gostando deste artigo? Compartilhe no Facebook.

Fonte 2: Artigos

Redija 5 artigos sobre o assunto relacionado ao produto que você está indicando e divulgue-os entre essas três opções:

  • Blog: se você tem um blog, basta atualizá-los com os novos artigos. Produza conteúdos originais, de qualidade, relacionados ao produto e com técnicas de redação e SEO para atrair os possíveis clientes.
  • Mini sites: como o próprio nome diz, são sites pequenos que servem como iscas para atrair um determinado público interessado num assunto específico. Capriche aqui também nas técnicas de SEO para ganhar destaque nos resultados das buscas no Google.
  • Sites ou blogs de terceiros: também é uma boa estratégia. Para isso, você precisar conversar com o dono do site ou blog e oferecer seu texto como conteúdo para a página. Muitas dessas pessoas não têm tempo ou até mesmo habilidade para criar conteúdo diversificado para o seu público. O seu artigo pode ajudar.

Eu recomendo que você tenha pelo menos um blog ou mini site.

Desta forma você não dependerá de terceiros para publicar os seus artigos.

E também você pode usar seu blog ou mini site para centralizar links para todos os outros canais de distribuição de conteúdo.

Fonte 3: Mídias Sociais

O Facebook é a rede social mais popular e mais utilizada para marketing digital.

Aproveite isso.

Crie 5 páginas ou grupos no Facebook, com nomes diferentes, e alimente-os com frequência usando vídeos, textos ou apenas imagens motivacionais.

Procure atualizar cada página ou grupo pelo menos 3 vezes por semana.

Torne a sua página atraente, escreva posts originais e de qualidade.

Lembre-se que no Facebook, bem como nas redes sociais em geral, o princípio do compartilhamento e engajamento são fundamentais para a divulgação do seu negócio.

O link para o seu site ou para a página de vendas do produto deve constar na legenda da página.

Também é interessante destacá-lo nos primeiros comentários da postagens que você fizer.

As pessoas gostam muito de ler os comentários dos posts.

Também é muito interessante para o seu negócio que você divulgue as páginas ou seus conteúdos em grupos relacionados (que permitam este tipo de divulgação).

Assim, as suas chances de adquirir visibilidade aumentam muito.

Lembre-se de configurar que a sua página, o seu perfil e as suas postagens sejam visíveis para todo mundo.

Existem outras redes sociais, como Linkedin, Twitter, Instagram.

Você deve identificar quais são as redes utilizadas pelo seu nicho mercado e divulgar seus conteúdos nelas.

Mas vale ressaltar que o Facebook é uma unanimidade entre todos os nichos, então priorize esta rede sempre e use as demais quando achar necessário.

Está gostando deste artigo? Compartilhe no Facebook.

Fonte 4: Ebooks

As pessoas ainda “amam” ter a sensação de poderem fazer um download gratuito.

Aproveite isso e crie 5 ebooks com conteúdo original e de qualidade.

Pode parecer complicado, mas criar um ebook é bem simples:

  • Crie seus textos num editor de textos (como o Word).
  • Insira uma primeira página como capa (escreva o título, use cores, fontes diferentes, etc).
  • Crie um índice na segunda página (se achar necessário).
  • Nas páginas seguintes coloque o seu conteúdo.
  • Na última página escreva um agradecimento e coloque um link destacado para o seu site ou para a página de vendas do seu produto.
  • Em todas as páginas coloque no rodapé um link para o seu site.
  • Converta o seu arquivo para PDF e disponibilize nos seus canais de divulgação

Ressalto que o conteúdo deve ser de qualidade e relacionado ao assunto do seu produto digital.

Entenda que, ao fazer o download de um ebook, o seu potencial cliente entende que está baixando algo com conteúdo premium ou diferenciado dos seus demais conteúdos.

Ofereça dicas mais aprofundadas sobre o assunto, apresente ferramentas especiais para ele solucionar seus problemas, ofereça informações prontas para ele utilizar etc.

Você pode também aproveitar parte dos seus conteúdos produzidos anteriormente para fazer um compilado e acrescentar dicas adicionais.

Você deverá divulgar os seus ebooks no seu site principalmente.

Mas poderá também divulgá-los nos demais canais: comentários no youtube, posts nas redes sociais, suas listas de emails etc.

Divulgue também o seu ebook no site Slide Share, que comporta diversos artigos e livros em PDF para consulta geral.

O importante do ebook na estratégia 5×5 é que quando a pessoa abre o arquivo no computador ou smartphone, ela estará em contato direto com o seu link, a qualquer hora, junto de um conteúdo de valor para ela.

Além disso, por ser um conteúdo premium, as pessoas costumam encaminhar para as outras do seu nicho o “achado” que elas encontraram .

E assim mais pessoas terão contato com o seu conteúdo e com o seu link.

Fonte 5: Externas

As fontes externas dizem respeito a divulgação em canais que não pertencem a você.

Você deve usar essas fontes para indicar ou referenciar os seus conteúdos ou o seu site.

O Objetivo de usar as fontes externas é atrair visitantes para o seu site em ambientes que já tenham um bom fluxo do seu público-alvo.

Seguem alguns exemplos de fontes externas, que você pode divulgar seus conteúdos:

  • Fóruns de discussão
  • Grupos de redes sociais
  • Sites e blogs que aceitam comentários
  • Sites de perguntas e respostas, como o Yahoo Respostas

Você deverá participar ou contribuir em canais de comunicação de outras pessoas, buscando sempre se posicionar como uma pessoa que não está apenas querendo fazer spam.

Seguem algumas regras de etiqueta para usar os canais externos:

  • Você deve participar de forma relevante e constante no canal, sem que você indique ou referencie os seus canais de comunicação em todas as vezes. Caso contrário, a sua participação nestes canais pode ser questionada e “banida” por moderadores e administradores do canal.
  • A divulgação de seus canais deve ser sutil, de forma que as demais pessoas não considerem inválida a sua participação devido a um interesse maior em vender do que em contribuir com o conteúdo.
  • Divulgue seus canais no seu perfil de cadastro, na sua assinatura, ou mesmo na sua imagem usada no cadastro.
  • Apenas referencie seus canais de divulgação ou seus conteúdos quando o o tema discutido no site externo for diretamente relacionado ao assunto do seu conteúdo.
  • Em fóruns e grupos, participe ativamente e ganhe credibilidade junto ao público antes de fazer suas indicações.

Usando as fontes externas em suas estratégias você estará promovendo seus links em sites relacionados ao assunto do seu produto, certo?

Isso tem um efeito colateral muito interessante e desejado pelos profissionais de marketing digital.

Além de estar aumentando o tráfego nos seus canais de comunicação, você estará construindo”backlinks” (links que apontam para o seu site)!

Essas duas estratégias contribuem bastante para melhorar o posicionamento dos seus canais de comunicação nos resultados de buscas do Google.

Show hein!

Para onde enviar os cliques?

Uma vez que seus potenciais clientes estejam consumindo os seus conteúdos e estejam saindo da fase de “Conhecimento” para a de “Decisão” na jornada de compra,  você deve apresentar os links para vender o seu produto digital.

Neste ponto uma dúvida recorrente é: para onde os links dos meus canais de divulgação devem apontar?

Para a página final de vendas do produto ou para o funil de vendas do produtor?

Funil de vendas é a página em que o produtor irá capturar informações do potencial cliente e irá se relacionar com ele para finalizar a venda.

Existem muitas vantagens em levar o visitante para o funil de vendas, como permitir que o produtor use todo o seu conhecimento sobre o produto para convencer o cliente de realizar a compra.

Porém, a maior vantagem é o fato de que o cliente poderá ser trabalhado, caso ainda não esteja preparado para comprar naquele momento.

Ele poderá ser trabalhado pelo produtor, que terá capturado seus dados e passará a enviar conteúdos relevantes direcionados à venda.

Mas nem todo produto digital requer que você leve seus visitantes para o funil de vendas.

Em alguns casos é válido sim direcionar o cliente para a página final de vendas do produto.

Nas plataformas de afiliação são divulgados os links de afiliação disponíveis para serem usados.

Alguns produtores oferecem somente links para a página final de vendas, outros oferecem links para o funil de vendas, outros oferecem links para ambos.

O que deve determinar o melhor destino para os seus links é o valor do produto digital que você está recomendando.

Para produtos que custam menos de 200 reais, você pode encaminhar seus visitantes diretamente para a página de vendas.

Produtos mais baratos não requerem tanto esforço ou reflexão para serem adquiridos.

Para os produtos digitais que custam acima de 200 reais, o ideal é que seus links sejam direcionados para o funil de vendas.

Ao contrário dos produtos mais baratos, os que custam mais geram mais dúvidas nas pessoas, se vale a pena ou não o investimento, se aquele é o melhor momento para aquisição do produto, etc.

Vale ressaltar que, mesmo que o cliente seja direcionado diretamente ao funil de vendas e que a venda seja concluída depois do trabalho de persuasão do produtor, você terá direito a receber a sua comissão.

E receberá no valor integral. Claro, apenas se a venda for concluída.

Conclusão

O conceito 5 X 5 visa basicamente o aumento de quantidade de canais de distribuição de conteúdo para você divulgar e atrair visitantes para a página do produto digital que você recomenda.

Faça com que todos os seus canais de distribuição divulguem o seu site ou blog, que deve ser o centralizador dos links para todos os seus canais, e que divulguem, quando possível, os demais canais.

Faça links entre os seus conteúdos correlatos.

Quanto mais alcance você tiver, mais tráfego e mais possibilidades de fechar negócio você terá.

Explore todo o potencial que a internet oferece e permita que seus visitantes conheçam e consumam todo o seu conteúdo.

Gostou deste artigo? Compartilhe no Facebook.

Conheça Outras Estratégias no Youtube

Essa estratégia foi apresentada pela primeira vez pelo Alex Vargas, autor do Fórmula Negócio Online, o treinamento de Marketing Digital mais vendido atualmente pela internet.

Essa e outras estratégias para ganhar dinheiro online, você poderá encontrar no seu canal no Youtube.

Clique aqui para acessar o canal do Alex Vargas e conhecer muito mais estratégias para você ganhar dinheiro na internet como afiliado.Canal do Youtube do Alex Vargas, Autor do Fórmula Negócio Online

Envie o seu comentário